Município só fica atrás de Guarulhos, entre cidades que mais aumentaram despesas no setor, de acordo com anuário da FNP

A reabertura da Upa do Jardim Íris, a reforma de vários postos de saúde e a inauguração do mais moderno Centro de Imagem e Diagnóstico da região já refletem em números positivos para São João de Meriti. De acordo com o 14º anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), entre 40 cidades, São João de Meriti foi a segunda que mais ampliou seus investimentos na área da Saúde na região Sudeste, em 2017, atrás apenas de Guarulhos (SP).

O investimento no setor aumentou 16,3%, totalizando R$ 156,1 milhões em 2017. “Esse resultado comprova que a Saúde é prioridade na nossa gestão. Mesmo com o país em crise e com baixa arrecadação, estamos trabalhando incansavelmente para oferecer um atendimento digno à nossa população”, afirma o prefeito meritiense, Dr. João.

Na consulta, Guarulhos teve, em 2017, a maior variação (18%), com gastos que totalizaram R$ 1,07 bilhão. Volta Redonda, no terceiro posto, aumentou em 12,6% seu volume de investimentos (R$ 259,8 milhões/2017). Os dados de 2018 ainda serão analisados.

Desafios

Dr. João lembra que recebeu uma cidade com a Saúde totalmente sucateada, praticamente de portas fechadas e com precariedade no atendimento. Nos seus dois primeiros anos de mandato, a meta foi reconstruir o setor para oferecer uma saúde de qualidade. Para isso, entre outras medidas, aumentou de 47 para 67 o número de equipes de Estratégia de Saúde da Família. Em 2019, o objetivo principal é reabrir o Hospital Infantil João 23 e o Hospital do Morrinho.

“São muitos desafios. Mas estamos dispostos a vencê-los. O hospital do Morrinho, por exemplo, não pertencia à Prefeitura, mas tivemos que interditar devido aos riscos que oferecia às nossas gestantes. A unidade está em obras e sua reinauguração é prioridade para este ano”, acrescenta.

Fonte de dados

O anuário utiliza como base números da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apresentando uma análise do comportamento dos principais itens da receita e despesa municipais.

A publicação levantou, ainda, que o gasto médio com saúde per capita dos municípios, foi de R$ 682,85 em 2017.


Veja também:

Mumuzinho lota praça da Prefeitura na comemoração ... O aniversário de São João de Meriti está sendo comemorado com festa da Praça dos Três Poderes, em frente à Prefeitura. Na abertura do evento, no domin...
Conferência de igualdade racial cumpre papel de da... Evento é marcado por lançamento de cadastro de terreiros Saúde, religião, cultura e políticas sociais foram alguns dos temas discutidos nesta sexta...
Prefeitura de São João de Meriti entrega mais uma ... Os alunos da Escola Municipal José Bonifácio receberam, nesta sexta-feira (14), um espaço totalmente revitalizado, com nova pintura, mini quadra de fu...
Meriti vai inaugurar novo trecho da ciclovia do mu... A Prefeitura de São João de Meriti vai inaugurar, nesta sexta-feira (11), às 17h, o novo trecho da ciclovia Deputado Federal Candido Pereira Mattos. S...

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>