Aos 80 anos, a artesã Francisca das Chagas Albuquerque tem, pela primeira vez, uma carteirinha que a identifica como profissional. Ela e mais 174 artesãos receberam, nesta segunda-feira (29), no Centro Cultural Meritiense, o documento municipal.

“Faço crochê há 12 anos, mas nunca tive uma carteira. É bom ter um documento para me identificar como artesã”, comemorou ela, que disse que começou a trabalhar com artes depois que criou seus filhos, viu eles se casarem e formarem suas famílias: “Foi uma forma de ocupar a mente e para ganhar um dinheiro também”.

A superintendente de Turismo de São João de Metiti, Mirian Rodrigues, lembrou que o município regulamentou a profissão através do decreto 6.193, de 26 de dezembro de 2018.

“É importante o reconhecimento porque muitos tiram o sustento do artesanato. E agora eles têm a carteirinha, que é o documento que os legitimam”, disse ela: “Estamos atrás de parcerias com lojas da região para ajudar a custear o material para os artesãos”.

Representando o prefeito, o chefe de gabinete, Welbert Paixoto, fez uma fala para parabenizar os artesãos, a quem ele chamou também de artistas:

“Vocês têm um dom e dom não se fabrica. A carteirinha vai dar dignidade ao trabalho que realizam e vai ajudá-los a empreender. O gestor público tem que promover o bem comum e o Dr. João faz isso. Ele acredita muito no trabalho dos artesãos”.

Entre tantas técnicas de artes, existe o amigurumi, que são bonecos de crochê. Essa é a especialidade da artesã Ana Muzy, de 51 anos.

“Sempre gostei de artesanato, desde a infância. Mas só há dois anos comecei a me dedicar. Agora com a carteirinha estou me sentindo, de verdade, uma artesã”, afirmou ela, que participa da feira de artesanato na Praça da Matriz.

Estiveram presentes no evento o secretário de Educação, Bruno Correia; o secretário de Cultura, Lazer, Direitos Humanos e Igualdade Racial, Marcelo Rosa; o subsecretário de Cultura, Fabio Lucchesi; a subsecretária da Melhor Idade, Almerinda de Carvalho; e a professora e coordenadora de capacitação empreendedora do Instituto Federal do Rio de Janeiro, Ana Sales.
———————————
Fotos: Cleber Mendes



Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>